Sustentabilidade PDF Imprimir E-mail

Coletânea Desafios da Sustentabilidade (clique para acessar)

O Ministério da Educação, por meio da Subsecretaria de Planejamento e Orçamento (SPO), da Secretaria de Educação Superior (SESu) e da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), lançou em 18 de setembro de 2014 o Projeto Desafio da Sustentabilidade, por meio do Edital nº 01/2014, objetivando identificar, avaliar e selecionar propostas inovadoras para a redução de custos nas Instituições Federais de Ensino, tendo como bases a participação social, a sustentabilidade e a eficiência do gasto público.

O projeto foi subdividido em dois temas, denominados desafios, apresentados e divulgados pelo MEC, a saber:

•“Como reduzir os gastos com o consumo de energia elétrica nas Instituições Federais de Ensino?”

•“Como reduzir os gastos com o consumo de água nas Instituições Federais de Ensino?”.

Durante aproximadamente 90 dias de consulta, foram reunidas mais de 18 mil ideias, sendo 9,6 mil sobre energia e mais de 8,6 mil referentes a água, com um total de mais de 1,6 milhão de comentários. Todas as Instituições Federais de Ensino aderiram ao desafio (63 Universidades Federais e 40 Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica), totalizando mais de 13 mil usuários participantes no Brasil e em mais outros 22 países. Tempesti vamente uma equipe de moderadores realizava a análise e avaliação prévia das ideias e comentários quanto a aderência ao escopo do projeto previsto no edital. Após essa avaliação inicial, foram identifica das 1.428 ideias, sendo 787 de energia e 641 de água, tendo por base critérios como o custo para a implementação, a sustentabilidade e a redução de gastos.

Assim, tendo em vista a necessidade de normatização dos termos da Coletânea foi editada a PORTARIA Nº 370, DE 16 DE ABRIL DE 2015 que dispõe que todos os órgão e entidades ligados ao Ministério da Educação devem integrar esforços visando à prática de ações destinadas à melhoria da utilização racional dos recursos públicos, delineando objetivos a serem alcançados.

Plano de Logística Sustentável do IFSULDEMINAS (clique para acessar)

PLS é a sigla que representa a expressão Plano de Gestão de Logística Sustentável. De acordo com o disposto no art. 16 do Decreto nº 7.746, de 5 de junho de 2012, os órgãos vinculados à administração pública federal possuem o dever de elaborar e implementar Planos de Gestão de Logística Sustentável.

Para que o IFSULDEMINAS fosse capaz de cumprir as orientações do decreto e a Instrução Normativa nº 10/2012 foi instituída uma portaria interna (Portaria nº 1063, de 14 dezembro de 2012, revogada pela Portaria nº 536, de 23 de abril de 2013), designando servidores da Reitoria e de todos os câmpus para compor a Comissão Gestora do Plano de Gestão de Logística Sustentável no âmbito do IFSULDEMINAS.

O comprometimento do IFSULDEMINAS com a sustentabilidade faz parte da política da Instituição, ou seja, não se restringe ao cumprimento da legislação, visto que tal comprometimento está explícito em sua missão institucional: Promover a excelência na oferta da educação profissional e tecnológica em todos os níveis, formando cidadãos críticos, criativos, competentes e humanistas, articulando ensino, pesquisa e extensão e contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Sul de Minas Gerais. Portanto, construir um IFSULDEMINAS mais sustentável é tarefa de toda a comunidade acadêmica.

A Comissão Gestora do PLS tem se esforçado para pensar e reunir formas de implementar ações pautadas pela sustentabilidade em todos os setores, mas, para alcançar resultados satisfatórios, precisamos da colaboração de cada um. Contribua deixando suas sugestões relacionadas aos eixos temáticos: Água e esgoto; Coleta Seletiva; Energia elétrica; Material de consumo e Qualidade de vida no trabalho e ajude a construir um IFSULDEMINAS mais sustentável!