Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Notícias Gerais > Cooperação com Moçambique
Início do conteúdo da página

Cooperação com Moçambique

IFSULDEMINAS recebe professores moçambicanos para capacitação em Agricultura e Mecanização Agrária

Comitiva de moçambicanos e equipe do IFSULDEMINAS posam para foto oficial nas dependências da Reitoria do IFSULDEMINAS.Nesta segunda-feira, 11 de setembro, o Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) recebeu 30 professores moçambicanos para início do Programa de Formadores em Agricultura e Mecanização Agrária, um projeto de cooperação técnica voltado à Reforma da Educação Profissional em Moçambique. O convênio foi firmado pelo Governo Africano, por meio da Autoridade Nacional de Educação Profissional (ANEP), com o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF) e contou com o apoio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC/MRE).

Com o objetivo de capacitar formadores das instituições agrárias do país africano, a partir de conhecimentos e habilidades em agricultura e mecanização agrária, para responder às exigências dos currículos e fazer uso dos equipamentos existentes em suas instituições de origem, os professores ficarão no Brasil durante aproximadamente quatro meses. Eles desembarcaram em São Paulo no último sábado (9) e durante duas semanas participarão de uma ambientação no IFSULDEMINAS para conhecimento da realidade brasileira e para melhor compreenderem a situação social e econômica do país.

No período da manhã, a comitiva de professores esteve no Campus Machado onde foram recepcionados pelo diretor-geral da unidade, Carlos Henrique Rodrigues Reinato, e pelo professor Sérgio Pedini. “A importância do trabalho de internacionalização volta-se à Rede Federal como um todo, em uma aproximação com o governo de Moçambique, o que é mais tradicional entre as universidades e vem sendo melhor trabalhada há alguns anos pelos institutos federais”, observou o professor.

À tarde, os moçambicanos foram recebidos pelo reitor Marcelo Bregagnoli na Reitoria do IFSULDEMINAS. O momento contou com a presença do embaixador de Moçambique, Manuel Lubisse; do conselheiro para assuntos de Cultura, Turismo e Educação de Moçambique, Romualdo Jonham; e do representante da ANEP, Aurélio Leopoldo dos Santos. O professor Sérgio Pedini, ex-reitor do Instituto, acompanhou a comitiva durante todo o dia. Ele faz parte da equipe de coordenação da missão e foi o responsável por apresentar a história da Rede Federal e fornecer os detalhes da programação à comitiva moçambicana. Além da Reitoria, a comitiva também visitou as instalações do Campus Pouso Alegre.

IMG 5182O embaixador de Moçambique agradeceu ao reitor Marcelo Bregagnoli pela recepção e por abrir as portas do IFSULDEMINAS ao seu país. Ele recordou o convite feito por Bregagnoli. “Estou aqui porque o senhor me convidou, fico feliz por construirmos essa parceria, mais coisas virão no futuro”, disse. Ao se dirigir aos seus conterrâneos, enfatizou a importância da ação para o seu país. “Estamos a construir um andar de um prédio de muitos andares. Lembrem-se de que estamos aqui, não porque somos os melhores, mas porque quis o destino que cumpríssemos esse papel. Vocês são embaixadores de Moçambique assim como eu e tudo que fizerem transmitirá a imagem do nosso país. Por isso, é uma grande responsabilidade estarmos aqui”.

Repetindo o gesto do embaixador, Bregagnoli também fez questão de recordar a fala dele quando estiveram juntos. “Isto que me fala é música para meus ouvidos”. “Vi um brilho nos olhos, o que mexeu comigo. Resgatei alguns casos de alunos moçambicanos que passaram pelo IFSULDEMINAS e a necessidade de um intercâmbio, uma cooperação técnica para aperfeiçoamento me chamou a atenção”. Ele esclareceu que, com esse desejo de visitar o país e conhecer a realidade dos ex-alunos, surgiu uma agenda do Conif em Moçambique, o que possibilitou conciliar os compromissos. “Fui um pouco como ‘intruso’ e que ‘bom intruso’ fui, pois a área de ciências agrárias foi apontada como prioritária para o desenvolvimento do país”, comentou. Bregagnoli enfatizou a responsabilidade, não só do IFSULDEMINAS mas da Rede Federal, ao assumir a missão de promover o intercâmbio e a troca de conhecimento entre os países. Ele também esclareceu que a iniciativa já é uma ação oficial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Danilsa Paulo é formada em Agronegócio e representa o Instituto Superior Politécnico de Manica, província de Moçambique. Ela conta que espera adquirir experiência na utilização adequada dos equipamentos agrícolas que receberam recentemente. “Precisamos de mais Know How para trabalhar na área, especialmente com extensão agrícola”, disse.

“Minha grande expectativa é conhecer, na prática, como funcionam os sistemas de pulverização, de irrigação e de mecanização. Quero aprender para transmitir mais conhecimentos técnicos da área agrícola aos nossos irmãos de Moçambique”, comentou Ezequiel Azarias Manjati, Engenheiro Agrícola formado pelo Instituto Superior de Gaza. Ele explicou que a maior dificuldade do país é a falta de recursos materiais, não dispondo de muitos equipamentos para aprender e ensinar, mas que precisam de conhecimento técnico para operar os equipamentos que possuem.

Os professores moçambicanos seguirão uma intensa programação para aproveitar ao máximo o programa de formação oferecido pelo Brasil. Durante as duas semanas em que ficarão no Instituto Federal do Sul de Minas, eles participarão de aulas práticas, visitarão os campi do Instituto, conhecerão a infraestrutura de laboratórios e de produção dos laticínios, as cooperativas da região, entre outras atividades. Após esse período, eles serão divididos em oito grupos para que possam se capacitar em diferentes regiões do país, abrangendo diversas áreas: Extensão Agrária, Irrigação, Mecanização Agrícola, Sanidade Animal, Sanidade Vegetal, Sistemas de Produção, Solos cultivados e Tecnologias de Produtos Agropecuários Processados.

Mais notícias:

Confira visita ao Campus Machado!

Texto e Fotos:  Ascom/IFSULDEMINAS - Reitoria

Data: 11/09/2017

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página